quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Saúde das unhas: acetona

Oi! Como vocês estão? Hoje vou falar sobre os males da acetona (para convencer inclusive a mim mesma que tenho que reduzir o uso!). Semana passada fiz um post mostrando minhas compras, que incluíam um removedor sem acetona.

1. O que é a acetona?

É um composto orgânico (CH3COCH3) que é usado como solvente. A solução que usamos para remover esmaltes na verdade é composto pela acetona, álcool e água.

2. Por que faz mal?

A acetona é um líquido inflamável e é tóxica quando inalada. Além disso, os efeitos nas unhas são visíveis, com ressecamento especialmente das cutículas, que sofrem toda vez que é necessário tirar o esmalte.

Algumas teorias dizem que essa substância não traz dano algum . Na verdade, o uso excessivo pode ser a causa do enfraquecimento (muitas podem ser alérgicas ao produto, por exemplo) mas não é o único fator que desencadeia esse tipo de problema.

3. O que fazer?

Minha principal dica é: mudança de hábitos! Se suas unhas são fracas, experimente não usar a acetona por um tempo. Se não houver melhora, procure identificar a causa de outras formas.

Os removedores sem acetona são uma boa alternativa. Já é possível encontrá-los com o mesmo preço de uma acetona comum e o benefício é maior. Muitos deles contêm substâncias como óleos e vitaminas, que ajudam na hidratação das unhas e cutículas.

É isso gente! Um beijo.

2 comentários:

  1. Tô precisando mesmo. Odeio acetona!
    Às vezes até uso um creminho depois da acetona, porque aí (no meu pensamento estranho) não estraga tanto a unha. AHAUHHUAUHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hidratar é importante mesmo! E aquelas acetonas que deixam a unha branca? Ninguém merece hahaha

      Excluir

Comente, vou adorar receber sua participação! Se quiser, deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita. Obrigada :)