quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Saúde das unhas: hepatite C

Oi! Tudo bem? Quero começar me corrigindo: lembram o espaço da leitora de segunda-feira (aqui)? Falei que o adesivo da Kendra deveria ser colocado pétala por pétala, mas está errado, a flor é colocada na unha inteirinha mesmo. Desculpem viu? Já está corrigido lá no post.

Agora, para o tema de hoje: hepatite C. Quer saber o que isso tem a ver com suas unhas? Preparei um esquema para informar mais sobre essa doença para vocês.

1. O que é a hepatite?

É uma inflamação no fígado, que pode levar até a um câncer se a doença não for diagnosticada. Existem vários tipos, de A até E, cada uma delas tem diferentes tratamentos e formas de contágio.

2. Como se contrai a hepatite C?

O vírus é transmitido principalmente por contato com sangue contaminado. Por isso tem a ver com as unhas: o material que você usa na manicure (alicates, lixas, palitos) deve estar bem esterilizado, caso contrário pode ser um portador de diversos vírus, inclusive o da hepatite.

3. Como é o diagnóstico? Quais os sintomas?

A doença geralmente permanece sem sintomas, mas em alguns casos é possível sentir cansaço, tontura, enjoo, pele amarelada e dor muscular. Para fazer o diagnóstico, é preciso procurar um médico, que vai detectar a doença a partir de um exame de sangue.

4. Como previnir?

Evitar qualquer tipo de material que possa ter tido contado com sangue, como seringas e agulhas.

Ter sempre seu próprio kit para ir ao salão. Já testei um desses kits descartáveis e aprovei (aqui e aqui). São práticos e baratinhos (custa em média 1 real) e assim você evita qualquer tipo de contaminação. Leve também seu próprio alicate!

Espero que eu tenha ajudado e informado vocês.

Abraços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, vou adorar receber sua participação! Se quiser, deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita. Obrigada :)